2 de abril de 2005

(a)normalidade

A propósito do post anterior:
Estava eu a fumar um cigarro no patamar das escadas de serviço do meu prédio quando sai um vizinho meu. Não me viu. Parou em frente a um carro que não era o dele, mexeu num anúncio entalado no pára brisas, arrancou um pedaço do papel (ensopado da chuva) e meteu-o na boca, como se fosse uma pastilha elástica.
Eu sei que tenho algumas coisas bizarras.Mas a minha weirdness não chega a tanto, fiquem descansados.

4 comentários:

  1. Será do prédio? O melhor é mudares de casa! lol

    ResponderEliminar
  2. Cuidado com o tabaco! O meu apelo vai nesse sentido: deixa de fumar!

    Agora, o carro não era dele, "foi-se" ao papel que estava no pára-brisas e meteu-o ba boca???...
    EU QUERO VOLTAR PRÁ ILHA!...

    ResponderEliminar
  3. Também nunca me deu para tanto!!!

    ResponderEliminar
  4. Há gente muito estranha neste mundo ;)

    ResponderEliminar